Início Desporto Futebol Sporting de Braga vence Marítimo e está perto da ‘final four’ da...

Sporting de Braga vence Marítimo e está perto da ‘final four’ da Taça da Liga

75
0

O Sporting de Braga venceu hoje o Marítimo, 2-1, e está com um ‘pé’ na fase final da Taça da Liga de futebol, que se vai realizar no seu estádio, em janeiro do próximo ano.

Com uma melhor exibição na primeira parte, a equipa da casa viu o caminho da justa vitória ser aberto por André Horta, aos 11 minutos, e Paulinho fazer o segundo aos 34, tendo Bambock reduzido aos 66 minutos para o Marítimo.

Com este triunfo, que se somou ao da primeira ronda, na casa do Penafiel (2-1), o Sporting de Braga fica muito perto de garantir o acesso à ‘final four’, o que até pode acontecer hoje se Penafiel e Paços de Ferreira empatarem.

Publicidade

Há cerca de três semanas, Braga e Marítimo defrontaram-se no mesmo palco, na sexta jornada da I Liga, então com um empate a duas bolas.

No final dessa partida, Sá Pinto criticou o que considerou ter sido uma postura demasiado defensiva dos insulares, denominando-a mesmo de “autocarro”. Desta feita, o Marítimo jogou com as linhas um pouco mais subidas, mas a atuação dos madeirenses, sobretudo na primeira parte, voltou a ser pobre.

O Sporting de Braga fez uma grande primeira parte e, logo aos quatro minutos, Paulinho cabeceou ao poste após centro de Esgaio da direita.

O primeiro golo não demorou muito mais a aparecer: já bem dentro da área, André Horta tabelou com Paulinho e rematou de pronto (11).

Aos 24 minutos, o Marítimo ficou a pedir grande penalidade por alegado agarrão de Paulinho sobre Rodrigo Pinho e, no minuto seguinte, Ricardo Horta obrigou Charles a uma enorme defesa.

Pouco depois, foi Pablo, de cabeça, a colocar novamente o guardião do Marítimo à prova (28), mas, aos 34 minutos, Charles nada podia fazer ante o remate de primeira, à meia volta, após cruzamento de Sequeira.

Perante um Marítimo muito passivo e permissivo, o Sporting de Braga carregava e esteve muito perto do terceiro golo em várias ocasiões.

Charles esteve em evidência a parar remates de Paulinho (41) e Ricardo Horta (42) e, quase em cima do intervalo, foi Grolli, quase em cima da linha de baliza, a impedir o golo a Ricardo Horta.

Apesar de lhe ter pertencido os primeiros lances de perigo da segunda parte, com destaque para uma boa defesa de Charles a remate de Galeno (57), o Braga foi perdendo fulgor.

O Marítimo cresceu e, aos 66 minutos, Bambock reduziu de cabeça, após falha grave de Matheus: o central do Marítimo não perdoou a péssima saída do guarda-redes brasileiro dos minhotos a um canto.

Apesar dessa reação, o Marítimo não voltou a dispor de uma clara situação para marcar, ao contrário da equipa da casa que podia ter ‘matado’ a partida por mais que uma vez.

Até ao final, nota para o regresso de Wilson Eduardo, um mês e meio depois de se ter lesionado.

Jogo no Estádio Municipal de Braga.

Sporting de Braga – Marítimo, 2-1.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, André Horta, 11 minutos.

2-0, Paulinho, 34.

2-1, Bambock, 66.

Equipas:

– Sporting de Braga: Matheus, Esgaio, Bruno Viana, Pablo, Sequeira, Palhinha, João Novais (Claudemir, 73), André Horta, Galeno (Wilson Eduardo, 81), Ricardo Horta e Paulinho (Rui Fonte, 73).

(Suplentes: Eduardo, Diogo Viana, Claudemir, Agbo, Wilson Eduardo, Murilo e Rui Fonte).

Treinador: Ricardo Sá Pinto.

– Marítimo: Charles, Bebeto, Bambock, Grolli, China, André Teles, Vukovic, Correa, Edgar Costa (Nequecaur, 46), Getterson (Erivaldo, 80) e Rodrigo Pinho (Marcelinho, 74).

(Suplentes: Abedzadeh, Rúben Ferreira, Nequecaur, Erivaldo, Jhon Cley, Nanu e Marcelinho).

Treinador: Nuno Manta Santos.

Árbitro: Nuno Almeida (Algarve).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Bebeto (10), China (28), Edgar Costa (31), André Teles (63), Grolli (72), Pablo (90+2).

Assistência: 5.041 espetadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.