Início Religião Arcebispo de Seul apela em Fátima à paz e reconciliação na península...

Arcebispo de Seul apela em Fátima à paz e reconciliação na península coreana

120
0

O arcebispo de Seul, o cardeal Andrew Yeom Soo-Jung, apelou hoje, no Santuário de Fátima, à paz e reconciliação na península coreana.

O cardeal sul-coreano, que preside à peregrinação internacional aniversária, pediu hoje aos fiéis presentes na Cova da Iria para orarem “pela paz e pela reconciliação na península coreana”.

“Orai connosco pelo fim dos conflitos e das divisões na península”, apelou Andrew Yeom Soo-Jung, que também é administrador apostólico de Pyong-yang, capital da Coreia do Norte, onde nunca foi autorizado a deslocar-se.

Publicidade

Recordando as palavras do Papa Francisco, Andrew Yeom Soo-Jung pediu ainda para se rezar “pelos políticos e pelos legisladores”, para que estes “trabalhem mais estreitamente além-fronteiras na construção da paz”.

Durante a homília, o cardeal sul-coreano lembrou que, antes da guerra entre as duas Coreias, havia mais de 50 paróquias e 50 mil fiéis católicos na Coreia do Norte, sendo que “não há padres nem religiosos” naquele país há mais de 70 anos, face aos sequestros e expulsões que católicos sofreram.

O arcebispo de Seul recordou que o início do século XX na Coreia “foi um período de provação”, sendo que “a combinação do colonialismo japonês e dos comunismos vizinhos da Rússia e da China marcou a entrada da Coreia numa era turbulenta de dominação estrangeira”.

“Logo após a libertação colonial, em 1945, a nação viu-se dividida: Norte versus sul, comunista versus capitalista. Cinco anos depois, a guerra devastou a península por três longos anos, causando morte, destruição e a divisão de muitas famílias”, disse.

Segundo o cardeal sul-coreano, “a guerra trouxe uma divisão ainda mais profunda entre o norte e o sul”, sendo que, passadas sete décadas, “a nação continua dividida e a reconciliação permanece inalcançável”.

A peregrinação internacional aniversária começou hoje e termina no domingo, no Santuário de Fátima, numa celebração presidida pelo arcebispo de Seul.

De acordo com o reitor do Santuário, Carlos Cabecinhas, cerca de 4,5 milhões de peregrinos participaram nas celebrações na Cova da Iria nos últimos nove meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.