Início Emprego Taxa de desemprego recua para novos mínimos em agosto na zona euro...

Taxa de desemprego recua para novos mínimos em agosto na zona euro e UE

196
0

A taxa de desemprego atingiu novos mínimos de 7,4% em agosto na zona euro e de 6,2% na União Europeia (UE), segundo divulga hoje o Eurostat.

Na zona euro, a taxa de desemprego atingiu um novo mínimo desde maio de 2008 ao fixar-se nos 7,4% em agosto, face aos 8,0% homólogos e aos 7,5% de julho.

De acordo com o gabinete estatístico europeu, na UE, a taxa de pessoas sem emprego registou o valor mais baixo desde o início da série mensal sobre o desemprego, em janeiro de 2000, ao recuar para os 6,2%, face aos 6,3% de julho e aos 6,7% de agosto de 2018.

Publicidade

Entre os Estados-membros, as taxas de desemprego mais baixas foram registadas na República Checa (2,0%) e na Alemanha (3,1%) e as mais elevadas na Grécia (17,0% em junho) e em Espanha (13,8%).

Na comparação homóloga, o indicador recuou em 24 Estados-membros, manteve-se estável no Luxemburgo e registou subidas na Dinamarca (de 4,9% para 5,0%), na Lituânia (de 6,1% para 6,6%) e na Suécia (de 6,3% para 7,1%).

As baixas homólogas mais significativas no desemprego foram observadas na Grécia (de 19,2% para 17,0% em junho), em Chipre (de 8,2% para 6,8%), na Bulgária (de 5,2% para 4,0%), em Espanha (de 15,0% para 13,8%) e na Croácia (de 8,1% a 6,9%).

Em Portugal, a taxa de desemprego foi de 6,2%, que compara com 7,0% de agosto de 2018 e os 6,4% de julho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.