Início Serviços Suíça: Aprovada licença de paternidade de 2 semanas

Suíça: Aprovada licença de paternidade de 2 semanas

232
0

Esta quarta-feira, o Parlamento suíço aceitou uma contra-proposta para uma licença de paternidade de duas semanas.

Após um dia de discussões intensas, a ideia acabou por seduzir o Conselho nacional. Apenas a UDC/SVP mostrou-se em maioria oposta ao projeto. Este último foi aceite com 129 votos a favor num total de 191 votos. No entanto foi recusada a iniciativa popular para uma folga de 20 dias (120 votos a desfavor num total de 187). Foi também recusada uma licença parental de 38 semanas (131 votos a desfavor num total de 191).

Hans-Peter Portmann (PLR/ZH) considera que a licença de paternidade responde às exigências da nova geração e tem o apoio de 85% da população. A introdução de dias de folga para os pais é um sinal forte para as famílias e é compatível com a economia. A Suíça é o único país que não tem licença de paternidade e nem licença parental.

Publicidade

Em comparação com a Suécia, o pai e a mãe podem gozar 480 dias de folga cada um! Em Portugal, a licença parental exclusiva do pai é de 15 dias úteis seguidos ou interpolados, pagos a 100 % da remuneração de referência, de gozo obrigatório, nos 30 dias seguintes ao nascimento do/a filho/a, cinco dos quais gozados de modo consecutivo imediatamente a seguir ao nascimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.