Início Atualidade Eleições: Costa pede que não lhe agradeçam nada mas deem força ao...

Eleições: Costa pede que não lhe agradeçam nada mas deem força ao PS para defender os direitos

232
0

O secretário-geral do PS pediu hoje aos eleitores que não lhe agradeçam pelas medidas que o Governo adotou, mas que antes lhe deem força a si e aos socialistas nas eleições legislativas para defender os direitos conquistados.

No final do discurso que proferiu no comício socialista de Santarém, António Costa contou que esta noite, quando estava a entrar na Casa do Campino, encontrou uma senhora que lhe agradeceu por o Governo “ter devolvido” a sua reforma. Um episódio que, de acordo com o líder socialista, também já tinha acontecido consigo esta manhã, mas em Moscavide, no concelho de Loures.

“Mas eu quero dizer o seguinte: Os direitos não se agradecem, os direitos defendem-se, porque os direitos são próprios, ninguém dá nada”, contrapôs o secretário-geral do PS, recebendo uma prolongada salva de palmas.

Publicidade

A seguir, referiu-se ao que está em jogo nas eleições legislativas no dia 06 de outubro.

“Não têm que agradecer nada ao Governo, não têm que agradecer nada ao António Costa. Têm de dar força ao Governo, têm de dar força ao PS e têm de dar força ao António Costa para defender os direitos conquistados e os direitos que não podemos voltar a perder”, advertiu o líder socialista.

Tal como fizeram na quarta-feira à noite no comício socialista de Loulé, António Costa procurou deixar duas garantias aos eleitores: “Connosco o diabo não vem, mas connosco também não vamos andar para trás, porque o caminho é para a frente”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.