Início Desporto Futebol ‘Hat-trick’ de Mehdi embala goleada do Rio Ave sobre o Aves

‘Hat-trick’ de Mehdi embala goleada do Rio Ave sobre o Aves

103
0

O Rio Ave venceu hoje o Desportivo das Aves, por 5-1, em partida da terceira jornada da I Liga portuguesa de futebol, numa goleada alicerçada com um ‘hat-trick’ do avançado iraniano Mehdi.

O internacional iraniano, reforço dos vila-condenses para esta temporada, marcou aos 10, 22 e 52 minutos, tendo os golos de Nuno Santos, aos 55, e de Filipe Augusto, aos 75, de grande penalidade, dado volume ao resultado.

Os avenses, que vinham de um moralizador triunfo sobre o Marítimo (3-1) na jornada anterior, ainda amenizaram a ‘noite de pesadelo’ com o tento de honra assinado por Enzo Zidane, aos 77.

Publicidade

Com este resultado, o Rio Ave, mesmo com menos um jogo, sobe à condição para o sétimo lugar do campeonato, com três pontos, os mesmo que Desportivo das Aves, que desce para o 12.º posto.

Na estreia caseira neste campeonato, e com algumas alterações na equipa, nomeadamente nas apostas nos reforços Aderllan Santos e Mehdi Taremi para o ‘onze’ inicial, os vila-condenses não poderiam esperar melhor entrada no jogo, inaugurando o marcador logo aos 10 minutos.

Foi aí que o iraniano Mehdi começou a assumir protagonismo, mostrando ser um jogador acima da média, ao rematar com convicção para o 1-0, após uma combinação desenhada com o Diego Lopes.

O tento madrugador do Rio Ave começou a beliscar a estratégia dos avenses, que cedo forçados a reagir e a insistir nos contra-ataques, começaram a abrir muitas brechas no meio-campo, que os atacantes locais não desperdiçaram.

Mehdi assumia-se, então, como elemento mais desequilibrador e, já depois de ter oferecido a possibilidade do segundo golo a Tarantini, que viu o remate ser cortado em cima da linha de golo pelo central avense Mehremic, o iraniano chamou a si responsabilidade de ‘bisar’.

O jogador do médio oriente foi rapidíssimo na desmarcação, após ser lançado por Bruno Moreira, e, depois de superar o central contrário Dzwigala, rematou para o 2-0, aos 22 minutos.

O Aves, que estreou o reforço Kahraba no ataque, não mostrava capacidade de reação e, apesar de conseguir algumas investidas, usando a velocidade dos seus avançados, nunca conseguiu, nesta primeira parte, esboçar um remate à baliza vila-condense.

Do outro lado, Mehdi continuava endiabrado e já depois do intervalo voltou a deixar a sua marca no jogo, assinando o ‘hat-trick’, aos 52 minutos, após nova assistência de Diego Lopes.

O Aves, mesmo com as entradas de Enzo Zidane e Miguel Tavares, ainda antes do intervalo, continuava inoperante no ataque e a deixar muitos espaços na retaguarda, algo que Nuno Santos, aos 55 minutos, evidenciou, marcando, após desmarcação, o 4-0.

Apesar de não ter estado envolvido neste último golo, Mehdi não sairia de campo sem voltar a ser protagonista, quando, aos 74, foi derrubado, na área, pelo guarda-redes Beaunardeu, numa falta para grande penalidade, clarificada pelo VAR e que Filipe Augusto, não desperdiçou.

Já sem tempo e estado anímico para inverter a desvantagem, o Aves ainda conseguiu uma reação, aos 77, praticamente na última jogada de perigo que criou, com Rúben Oliveira a desmarcar Enzo Zidane, para este fechar o jogo com o 5-1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.