Início Política Maioria dos alemães considera que tremores de Merkel são um “assunto privado”

Maioria dos alemães considera que tremores de Merkel são um “assunto privado”

178
0

Uma ampla maioria dos alemães (59%) considera que os três episódios de tremores sofridos em público pela chanceler Angela Merkel são temas de âmbito “privado”, mostra uma sondagem publicada neste sábado, 13 de julho.

Nestas últimas semanas, a saúde da chanceler alemã, no poder há quase 14 anos, causou preocupação depois de, em três ocasiões, ter apresentado fortes tremores em atos oficiais.

Para 59% dos entrevistados, estes espasmos dizem respeito à vida “privada” da dirigente, que completará 65 anos a 17 de julho.

Publicidade

Outros 34% dizem tratar-se, porém, de uma informação de interesse público, segundo a sondagem Civey, publicada hoje pelo jornal “Augsburger Allgemeinen”.

Entre os entrevistados estão simpatizantes da CDU, o partido conservador de Merkel, do SPD (social-democratas) e dos Verdes.

Apenas os partidários da AfD (extrema-direita) consideram que é uma questão de interesse público.

O primeiro caso de tremores em público de Angela Merkel teve lugar a 18 de junho, enquanto recebia o Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, numa visita oficial ao país, situação que a própria atribuiu, mais tarde, ao calor e falta de hidratação.

segundo caso aconteceu a 27 de junho durante uma cerimónia de despedida da ex-ministra da Justiça alemã, Katarina Barley, que deixou o cargo para desempenhar funções no Parlamento Europeu.

terceira ocorrência foi esta quarta-feira num encontro com o primeiro-ministro da Finlândia.

Após os novos espasmos, a chanceler garantiu estar “muito bem” e explicou que reagiu com ansiedade, ao lembrar-se do primeiro episódio de tremores.

Segundo o jornal “Bild”, Merkel submeteu-se a uma bateria de exames médicos, após o primeiro incidente, em 18 de junho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.