Início Desporto Minsk2019: Portugal defende sete das 10 medalhas dos Jogos Europeus Baku2015

Minsk2019: Portugal defende sete das 10 medalhas dos Jogos Europeus Baku2015

136
0

Portugal apresenta-se nos II Jogos Europeus, de sexta-feira a 30 de junho em Minsk, com sete atletas/equipas a defender o lugar de pódio de Baku2015, enquanto os outros três medalhistas viram as duas modalidades sair do programa.

Dos sete, Telma Monteiro, no judo, e Marcos Freitas e Tiago Apolónia – em Baku foram acompanhados de João Geraldo, agora substituído por João Monteiro -, em equipas de ténis de mesa, enfrentam o desafio de defenderem os respetivos títulos.

Aos 33 anos, Telma Monteiro apresenta-se com a experiência e a consistência de resultados internacionais, que já lhe tinham valido, entre outras, a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio2016.

Publicidade

Marcos Freitas e Tiago Apolónia, respetivamente quarto e sétimo do ‘ranking’ europeu, estão acompanhados de João Monteiro, 20.º, num trio com capacidade para lutar pelos melhores lugares individuais, mas sobretudo coletivos – em Baku2015, o ouro surgiu depois de triunfo por 3-1 na final sobre a França.

Rui Bragança, que tinha sido ouro no taekwondo na categoria de -58 quilos, e o seu colega Júlio Ferreira, que foi medalha de bronze, viram a sua modalidade sair do evento, tal como aconteceu com o triatlo, no qual João Silva foi vice-campeão.

Bragança, atual 14.º do ‘ranking’ mundial e sétimo europeu, batera no combate decisivo o espanhol Jesus Tortosa Cabrera por 6-5.

O canoísta Fernando Pimenta foi o único português a conquistar duas medalhas em Baku, ambas de prata, em K1 1000 e 5000, distâncias nas quais é o atual campeão do mundo.

O limiano assume agora o desafio de fazer algo a que está habituado, subir ao mais alto lugar do pódio – tem no currículo 86 medalhas internacionais –, numa seleção de canoagem com mais embarcações com potencial de surpreender.

No tiro, o experiente João Costa não desdenhará repetir a prata em pistola de ar comprimido a 10 metros.

O futebol de praia mantém oito dos elementos que há quatro anos chegaram ao bronze, distinção que Beatriz Martins conseguiu com Ana Rente (não está em Minsk) em trampolins sincronizados.

A comitiva de 99 desportistas conta com 31 repetentes, destacando-se os oito da comitiva de 12 do futebol de praia, os sete dos 14 canoístas e os seis de entre os 17 do judo.

A maior delegação é, contudo, a do atletismo, modalidade que se estreia nestes Jogos Europeus, sem que Portugal leve as maiores figuras do país nos 21 convocados.

Além do atletismo, também o tiro com arco, o scratch e a corrida por pontos no ciclismo de pista surgem como novidades nesta competição quanto à representação lusa, que perdeu a natação, BMX e BTT no ciclismo, além dos já referidos taekwondo e triatlo.

Portugal vai competir em atletismo, badminton, futebol de praia, canoagem, ciclismo (estrada, contrarrelógio e pista), ginástica (artística, trampolins, aeróbica e acrobática), judo, karaté, lutas amadoras, tiro, tiro com arco, tiro com armas de caça e ténis de mesa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.