Início Desporto Futebol 10 de Junho: PR de Portugal e de Cabo Verde dão pontapé...

10 de Junho: PR de Portugal e de Cabo Verde dão pontapé de saída em jogo com estrelas

240
0

Os presidentes da República de Portugal e de Cabo Verde deram hoje o pontapé de saída de um jogo de futebol amigável que juntou, no Mindelo, ilha de São Vicente, governantes dos dois países e antigas estrelas de futebol.

O encontro com jovens desportistas e os chefes de Estado e de Governo de Portugal e Cabo Verde decorreu no Centro de Estágios da Federação Cabo-Verdiana de Futebol e contou com a participação do jogador Eliseu e do vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Humberto Coelho.

A entrada de Marcelo Rebelo de Sousa em campo, acompanhado do homólogo cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, foi assinalada com uma salva de palmas de dezenas de jovens que assistiam a esta partida especial.

Publicidade

O campo foi divido em duas equipas. Num dos lados, Marcelo Rebelo de Sousa, o primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, Eliseu e Humberto Coelho.

No lado oposto, estavam o Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, o primeiro-ministro português, António Costa, o ministro da Educação português, Tiago Brandão Rodrigues, e o ministro dos Negócios Estrangeiros cabo-verdiano, Luís Filipe Tavares.

Acompanhados de vários jovens das cinco equipas que por ali estavam formadas – Zona Libertada, Estoril, Cantareira, Batuque e Juventude Belavista –, os chefes de Estado deram o pontapé de saída, com Marcelo Rebelo de Sousa a insistir em encaminhar a bola para o lado dos elementos da comunicação social.

Seguiram-se novas formações, desta vez para as câmaras fotográficas, com os elementos das duas equipas a juntarem-se numa só, acompanhados de dezenas de jovens futebolistas e da taça (réplica) que Portugal ganhou no Europeu de 2016.

Os Presidentes da República e os primeiros-ministros de Portugal e Cabo Verde dirigiram-se depois para as bancadas, onde assistiram a parte da partida, manifestando o seu entusiasmo nos passes mais certeiros e sofrendo com as jogadas de ataque.

Com os vários elementos das comitivas em campo, houve tempo para fotografias e pedidos especiais, como o do primeiro-ministro de Cabo Verde que pediu para tirar uma fotografia com Humberto Coelho para oferecer a um tio com 90 anos admirador do ex-jogador benfiquista.

Aos jornalistas, Humberto Coelho não escondeu a satisfação de ter sido convidado pelo Presidente da República português para participar nas comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que começaram no domingo em Portalegre, prosseguiram segunda-feira na cidade da Praia (ilha de Santiago) e continuam hoje no Mindelo.

A este propósito, referiu que as relações desportivas entre os dois países são “ótimas”.

“Já tivemos várias reuniões com dirigentes de Cabo Verde na Federação [Portuguesa de Futebol]. Vamos tentar fazer alguns protocolos, principalmente na área de formação, arbitragem e dirigismo, que penso que é aí que estamos a evoluir cada vez mais, e penso que será útil, não só para Cabo Verde, mas também para os outros países de língua lusófona”, referiu Humberto Coelho.

Sobre os talentos cabo-verdianos, o antigo jogador disse que “há muitos jogadores de Cabo Verde que estão no estrangeiro, não só em Portugal”.

“É um país que podemos ajudar porque tem talentos, tem uma juventude muito grande, que gosta de futebol e tem uma paixão muito grande por futebol”, acrescentou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.