Início Religião Câmara de Ponta Delgada apoia com 45 mil euros Festas do Santo...

Câmara de Ponta Delgada apoia com 45 mil euros Festas do Santo Cristo

249
0

A Câmara de Ponta Delgada, Açores, e a Irmandade do Santo Cristo assinaram hoje um protocolo em que a autarquia disponibiliza um apoio de 45 mil euros para as festas, as segundas maiores cerimónias religiosas do país depois de Fátima.

As festas do Santo Cristo, que este ano decorrem entre 24 e 30 de maio, na cidade de Ponta Delgada, atraem anualmente a São Miguel milhares de peregrinos de todas as ilhas dos Açores e ainda de vários pontos do país e das comunidades de emigrantes.

Hoje, na assinatura do protocolo para apoiar as festas, o presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada sublinhou ser “um momento simbólico”, frisando “o grande esforço” da irmandade na organização das festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres e destacando ainda o relacionamento entre a câmara e a irmandade para a realização dos festejos.

Publicidade

“Não é apenas uma festa na cidade, mas a festa da cidade, razão pela qual também o feriado municipal coincide com esta festa, daí a importância histórica e cultural que o município e o seu povo dão às grandes festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres”, salientou José Manuel Bolieiro, após a assinatura do protocolo, que contempla ainda a concessão do direito de terrado na área tradicional das festas, nomeadamente no Campo de São Francisco.

O autarca social-democrata realçou que, apesar de se tratar de uma festividade em Ponta Delgada, a festa “projeta também no exterior a ilha de São Miguel e os Açores”, inclusive do ponto de vista da religiosidade, “porque é a segunda maior festa religiosa a seguir a Fátima”.

“E isso honra muito Ponta Delgada e a cidade”, disse o autarca, realçando que a autarquia tem aumentado anualmente o apoio financeiro para as festas, além de disponibilizar apoio logístico.

O provedor da Irmandade do Santo Cristo, Carlos Faria e Maia, congratulou-se com o apoio da autarquia, que salientou ser “imprescindível”.

“Este subsídio é muito bem-vindo e é imprescindível para as nossas festas, atendendo a que todos os anos os investimentos são cada vez maiores e as exigências também são maiores”, referiu Carlos Faria e Maia.

O ponto alto das festas do Santo Cristo é a procissão de domingo, que se realiza desde 1700 no quinto domingo depois da Páscoa, percorrendo as ruas da cidade de Ponta Delgada com uma imagem do “Ecce Homo”.

Na madrugada de domingo, como é tradição, a imagem sai da Igreja do Santuário para a Igreja de S. José, um espaço maior que permite receber os milhares de peregrinos em vigília.

O programa integra também na manhã de domingo uma solene celebração eucarística no adro do santuário, com a presença da imagem.

Na tarde de sábado, os peregrinos incorporam-se também na procissão da Mudança da Imagem do Santo Cristo, do Coro Baixo do Convento da Esperança para a igreja anexa, cumprindo um trajeto à volta do Campo de São Francisco.

Antes, na manhã de sábado, os peregrinos percorrem descalços e – muitos – de joelhos o Campo de S. Francisco, no cumprimento de promessas ao Santo Cristo dos Milagres.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.