Início Desporto Futebol Bernardo na melhor fase da carreira, mas o melhor continua a ser...

Bernardo na melhor fase da carreira, mas o melhor continua a ser Ronaldo

121
0

O médio Bernardo Silva afirmou hoje que está a fazer a melhor temporada da sua carreira no Manchester City, mas considerou que Cristiano Ronaldo continua a ser o melhor futebolista português da atualidade.

“O Cristiano é insubstituível. A seleção fica muito mais forte com ele. Sinto que sou importante, quero ser importante para a equipa e dou o meu melhor para ajudar a seleção”, afirmou Bernardo Silva, em conferência de imprensa, minutos antes do primeiro treino de Portugal na Cidade do Futebol, em Oeiras.

A seleção nacional começou hoje a preparar o arranque da qualificação para Euro2020, em que recebe Ucrânia e Sérvia nas primeiras duas jornadas do grupo B.

Sobre a sua temporada no Manchester City, o jogador de 24 anos assumiu que está na melhor fase da sua carreira, mas disse que tem o objetivo de melhorar ainda mais o seu jogo.

“Ainda sou novo e acho que há sempre espaço para melhorar. Quero ser bastante melhor do que sou e ganhar muito mais títulos. As coisas têm corrido otimamente bem. Sou um jogador mais completo hoje do que no dia em que cheguei ao Manchester City”, referiu.

Bernardo Silva, que falhou o Euro2016 devido a lesão, e por isso não entra na lista de jogadores campeões europeus, assumiu que Portugal tem o objetivo de voltar a conquistar o troféu.

“Quando acreditamos em algo, quando acredito que é possível, estamos logo mais próximos de o conseguir. Claro que primeiro é preciso qualificar. Vamos passo a passo e o objetivo é entrar em todos os jogos para ganhar”, disse o médio formado no Benfica.

O jogador do Manchester, que já leva 33 jogos e três golos pela seleção portuguesa, considerou que os próximos duelos com Ucrânia e Sérvia “são muito importantes” para a formação lusa ficar mais perto da fase final do próximo Europeu.

“São duas seleções que são candidatas, tal como Portugal, para lutar pelo apuramento. E são candidatos legítimos. Vamos jogar para ganhar e dar duas vitórias aos portugueses”, concluiu.

Portugal começa a defender o título europeu conquistado em 2016, em França, frente à seleção da Ucrânia, em 22 de março, no Estádio da Luz, em Lisboa, e recebe, três dias depois, a Sérvia, no mesmo recinto, estando o início de ambos os jogos agendados para as 19:45.

A seleção nacional vai disputar o grupo B, que inclui ainda a Lituânia e o Luxemburgo.

Pela primeira vez, a fase final do Campeonato da Europa vai decorrer em 12 cidades de 12 países diferentes, com Londres a receber os jogos das meias-finais e da final.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.