Início Atualidade Luxemburguês é a língua comum de três quartos da população e de...

Luxemburguês é a língua comum de três quartos da população e de 94% dos jovens

24
0
Tommy Klein, Diretor TNS Ilres, Claude Meisch, Ministro da Educação Nacional, Infância e Juventude e Guy Arendt, Secretário de Estado da Cultura na conferência de imprensa © menej

O Ministro da Educação Nacional, Infância e Juventude, Claude Meisch, e o Secretário de Estado da Cultura, Guy Arendt, apresentaram na quinta-feira, 7 de junho de 2018, um estudo sobre o papel da língua luxemburguesa no seio da  sociedade.

O estudo atesta o importante lugar que o luxemburguês tem na vida quotidiana, tanto na vida privada como na profissional.

O luxemburguês aparece como uma língua compartilhada por uma grande parte da população: 77% dos entrevistados dizem que falam a língua nacional. Eles são 94% entre 16 e 24 anos de idade. “Os jovens que ainda são estudantes ou que acabaram de sair da escola falam quase todos eles o luxemburguês, o que significa que a escola é um ator importante na promoção da nossa língua e que cumpre o seu papel“, congratulou-se Claude Meisch.

92% dos jovens entrevistados dizem que falam os três idiomas oficiais. “O luxemburguês não exclui, mas reúne“, analisou o ministro. Uma opinião compartilhada por 60% dos entrevistados que citam a língua nacional como a primeira língua da integração.

Uma língua falada e escrita

O luxemburguês é cada vez mais considerado como uma língua escrita e não apenas falada. “É um desafio para a Educação Nacional“, de acordo com o ministro, que defende iniciativas para apresentar de forma lúdica e motivadora a ortografia e a gramática do luxemburguesas. Seguindo o exemplo da campanha schreiwen.lu, lançada em 2017.

Multilinguismo, uma realidade compartilhada

Outro resultado notável do estudo diz respeito ao multilinguismo. Mais de 70% dos inquiridos falam as três línguas oficiais – luxemburguês, francês e alemão – ou até quatro ou mais línguas. Entre as competências linguísticas, destaca-se o francês com 98% dos inquiridos que afirmam falar a língua de Molière.

O multilinguismo é, portanto, experimentado diariamente no nosso país. Esta situação linguística não representa um problema para a maioria da população.

Promover o luxemburguês, uma prioridade para o governo

O Secretário de Estado da Cultura, Guy Arendt, recordou a estratégia do governo para promover o luxemburguês “não contra, mas com outras línguas“. O objetivo é definir o papel do luxemburguês como língua de integração e de comunicação. A questão estava no centro dos fóruns participativos, os Sproocheronnen, organizados em março e em abril passado. As conclusões desses fóruns, bem como as contribuições recolhidas na plataforma online sproocheronn.lu serão compiladas num relatório a ser apresentado em julho de 2018.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.