Início Atualidade França: Mobilização nacional dos apicultores contra a hecatombe das abelhas

França: Mobilização nacional dos apicultores contra a hecatombe das abelhas

99
0

Foi no final do inverno. Loïc Leray, apicultor profissional em Puceul (Loire-Atlantique), estava ansioso para descobrir o fruto do seu trabalho conjunto com as abelhas, que ele tanto desejou durante quatro décadas.

Ele bem se lembra dos seus joelhos trémulos e cabelos eriçados quando abriu as primeiras colmeias: um silêncio ensurdecedor, colónias inteiras de abelhas mortas. Ele contou, no total, 180 colmeias sem vida, contra 300 vivas no último outono.
Senti-me como um agricultor camponês que, uma manhã, empurra a porta do estábulo e encontra todas as suas vacas mortas”, lamenta o vice-presidente da União Nacional da Apicultura Francesa (UNAF). “Diante das pressões impostas pelos agrotóxicos no nosso território, a vida das abelhas paira por um fio. Os nossos enxames estão agonia, e cada colmeia morta é uma nova facada que nos deixa sem ação e com raiva. ”

A França não vai assegurar mais as necessidades dos seus consumidores. Entre 1995 e 2017, a produção de mel entrou em colapso, descendo, segundo a UNAF, de cerca de 32.000 toneladas para 10.000 toneladas. Abertura do comércio ao mel importado, às vezes adulterado ou misturado com xarope de açúcar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.