Início Desporto Futebol Pinto da Costa diz que jogadores estão na história do clube “por...

Pinto da Costa diz que jogadores estão na história do clube “por mérito próprio”

254
0

O plantel de futebol profissional do FC Porto entregou hoje o troféu de campeão português no museu do clube e o presidente, Pinto da Costa, admitiu que o grupo está “na história por mérito próprio”.

A cerimónia contou com a presença de todo o plantel, equipas técnica e médica e restante estrutura do futebol profissional, assim como Pinto da Costa e de membros da direção do clube e da SAD.

“É um troféu que nos fazia muita falta. Representa que vocês estão na história deste clube. Vão ficar perpetuados neste clube e neste museu, na história desta época de sucesso, em que todos estivemos envolvidos”, referiu o presidente dos ‘dragões’ que enalteceu ainda, em declarações ao Porto Canal, o trabalho do treinador, Sérgio Conceição.

Pinto da Costa recordou palavras do treinador aquando a sua apresentação e explicou o que todos aprenderam com Sérgio Conceição esta época.

“Quero destacar em primeiro lugar o Sérgio Conceição, que com toda a sua sabedoria, no momento em que assinou, disse que não vinha para aprender, mas sim para ensinar, aos que não sabiam, e eram poucos, e aos que sabiam o que era o FC Porto. Nas suas atitudes e na maneira como viveu e sofreu esta época, ensinou-nos que precisamos de trabalhar muito para entrar na história do FC Porto. Vocês estão na história por mérito próprio. Quero, no abraço que vou dar ao Sérgio Conceição e ao Herrera, que todos se sintam envolvidos. Nunca esqueceremos esta época, o que foi o vosso trabalho e a alegria que nos deram”, afirmou ainda.

Sérgio Conceição não quis perder a oportunidade de elogiar aquele que considera ser “o melhor presidente do mundo de todos os tempos”.

“Emociono-me sempre que vejo, que estou presente e partilho momentos com o melhor presidente do mundo de todos os tempos. Digo isto porque é o presidente mais titulado do mundo, é uma pessoa com uma sabedoria enorme, a mais importante deste clube desde sempre e alguém que conheço desde os meus 16 anos”, lembrou.

O treinador lembrou ainda o seu percurso no FC Porto, clube que representou como jogador e que agora representa como treinador, desejando que o ciclo de sucesso se mantenha.

“Tive a oportunidade de estar em cinco campeonatos pelo FC Porto, dois como júnior, três como sénior, e agora um como treinador, e ganhei quatro. Esse tem sido o meu trabalho, um trabalho sinónimo de sucesso e espero que assim continue, porque este clube habituou-nos a ganhar principalmente desde o início desta presidência”, desejou.

A cerimónia terminou com toda a estrutura do futebol profissional a assinar o livro de honra do Museu do FC Porto, que eterniza os principais obreiros da conquista do 28.º título de campeão nacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.