Início Mundo Dois polícias mortos a tiro em Liège, atirador foi neutralizado

Dois polícias mortos a tiro em Liège, atirador foi neutralizado

214
0

Um homem matou três pessoas, incluindo dois polícias, na terça-feira, 29 de maio, em Liège (Bélgica), antes de ser baleado pela polícia. A “qualificação de infração terrorista” é mantida na investigação aberta após este tiroteio, anunciou o procurador. Aqui está o que se sabe (por enquanto) sobre este ataque.

Dois polícias e o passageiro de um carro mortos

Por volta das 10h30, um homem atacou dois polícias do sexo feminino, agredindo-os por trás com várias facadas. “Ele apoderou-se das suas armas de serviço” e usou-as contra elas, detalhou o procurador de Liège, Philippe Dulieu, durante uma conferência de imprensa. O homem continuou o seu caminho e matou o passageiro de um carro de 22 anos.

Uma mulher feita refém numa escola secundária

O agressor fugiu para a Escola Wahal, onde sequestrou uma empregada. “Vários” outros polícias também foram “feridos nas pernas” num segundo momento, quando o indivíduo deixou a instituição. Ele foi finalmente morto a tiro pela polícia. Alunos do complexo escolar, evacuados pela parte de trás do edifício, estão todos sãos e salvos.

Terrorismo é a pista a ser seguida

O Ministério Público de Liège anunciou que o dossiê foi confiado ao Ministério Público Federal, responsável pelo terrorismo. “Há elementos que vão na direção de um ato terrorista“, disse Eric Van Der Sypt, porta-voz do Ministério Público Federal.

O agressor é um “belga” de 36 anos que “se radicalizou na prisão de Arlon“, disse a presidente, Christine Defraigne, à Franceinfo. O homem “apresenta uma certa instabilidade“, continuou ela. Ele havia sido preso, entre outras coisas por um caso de drogas, mas beneficiou na segunda-feira de uma licença, de acordo com a RTBF.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.