Início Desporto Motocrosse Holandês Jeffrey Herlings vence primeira corrida no GP Portugal de motocrosse

Holandês Jeffrey Herlings vence primeira corrida no GP Portugal de motocrosse

814
0

O piloto Jeffrey Herlings (KTM) venceu hoje a primeira corrida na categoria MXGP do Grande Prémio de Portugal de motocrosse, quinta ronda do Mundial, em Águeda.

O piloto holandês, que lidera o campeonato garantiu a vitória na principal categoria do mundial, repetindo o êxito de sábado na qualificação, dominando por completo as 16 voltas da corrida.

Na segunda posição, a 6,260 segundos do vencedor, ficou o campeão do mundo em título António Cairoli (KTM), autor de uma fantástica recuperação que deixou o público ao rubro.

Publicidade

O italiano, que começou a corrida em sexto, foi subindo lugares até chegar à quarta posição, mas nas três últimas voltas conseguiu ultrapassar o francês Gautier Paulin (Husqvarna) e o esloveno Tim Gajser (Honda), que ficou em terceiro, a 8,257 segundos de Herlings.

Quanto aos portugueses, que participam na prova com ‘wildcards’, Rui Gonçalves (Yamaha), que foi o melhor na corrida de qualificação, não foi além do 26.º lugar, a 1.57,325 minutos do vencedor. Melhor esteve Paulo Alberto (Yamaha) que terminou a prova na 19.ª posição, a uma volta de Jeffrey Herlings, somando dois pontos.

Na categoria MX2, Jorge Prado (KTM) venceu a primeira de duas corridas. O espanhol, que já havia dominado a corrida de qualificação, no sábado, assumiu o comando na primeira volta e liderou até final, mostrando-se mais forte do que os seus adversários.

O segundo lugar foi para o francês Pauls Jonass (KTM), líder do campeonato, com mais 4,848 segundos, e com o australiano Jed Beaton (Kawasaky), a 6,210 segundos do vencedor, a fechar o pódio.

A segunda corrida na classe MX2 começa às 16:10 e na categoria MXGP às 17:10.

Esta manhã também tiveram lugar as segundas corridas pontuáveis do Mundial feminino (WMX) e do Europeu de 250 (EMX250), que voltaram a ser vencidas, respetivamente, por Courtney Duncan (Yamaha) e Mathys Boisrame (Honda).

Na competição feminina, Joana Gonçalves (Husqvarna) foi a mais rápida entre as portuguesas, terminando o GP de Portugal em 16.º lugar, no conjunto das duas mangas.

A piloto transmontana foi 23.ª na primeira corrida, no sábado, e 13.ª na segunda corrida, na qual somou oito pontos.

Em EMX250 nenhum dos pilotos lusos conseguiu a qualificação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.