Início Luxemburgo O sistema emergency.lu apoiou Portugal nos incêndios de 2017

O sistema emergency.lu apoiou Portugal nos incêndios de 2017

380
0

O sistema de telecomunicações por satélite “emergency.lu”, desenvolvido pela SES e pelo Estado luxemburguês, ganhou importância durante a passagem do tufão “Haiyan” nas Filipinas em 2013, no terramoto no Nepal em 2015 ou ainda durante a passagem do furacão “Matthew” no Haiti. A sua última intervenção foi em 2017 para ajudar os serviços portugueses de resgate na luta contra os incêndios que assolaram o país durante todo o verão.

Hoje, o sistema de satélites de emergência foi formalmente integrado no Grupo de Intervenção de Urgência (Voluntary Pool) da União Europeia. Para ser possível, o Ministro do Interior, Dan Kersch, e o Ministro da Cooperação e Acção Humanitária, Romain Schneider, deslocaram-se ao Emergency Response Coordination Centre (ERCC) em Bruxelas, para formalizar a integração de “emergency.lu” no dispositivo de ajuda da UE.

O Luxemburgo participará, deste modo – através do seu sistema de comunicação por satélite, que permite restabelecer a ligação Internet nas zonas de catástrofe – na capacidade europeia de resposta a emergências (EERC) e no corpo médico europeu (CME), por uma duração inicial de dois anos.

A contribuição do Luxemburgo

Desde a criação do Grupo de Voluntários em outubro de 2014, 16 Estados participantes reuniram mais de 70 recursos de proteção civil (equipas de busca e resgate, equipamentos de purificação de água, unidades de bombeamento de alta capacidade, …).

Com a solução “emergency.lu”, o Grão-Ducado será o primeiro país a fornecer um módulo de comunicação no Grupo de Voluntários. O suporte do Luxemburgo será disponibilizado sob a seguinte configuração:

  • um sistema de comunicação por satélite “emergency.lu” do tipo “rápido”;
  • dois técnicos da Unidade de Missões Humanitárias da Administração de Serviços de Resgate, um dos quais trabalhará como “Chefe de Missão”;
  • um lote de equipamentos TIC (tecnologias de informação e comunicação);
  • um lote de equipamentos de subsistência (tenda, medicamentos, rações de combate, etc.);
  • um gerador.

 Fonte: ministère de l’Intérieur

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.