Início Culturas Prémio Pessoa: Arquiteto Manuel Aires Mateus é o vencedor da edição de...

Prémio Pessoa: Arquiteto Manuel Aires Mateus é o vencedor da edição de 2017

303
0

O arquiteto Manuel Aires Mateus é o vencedor do Prémio Pessoa, foi hoje anunciado pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no Palácio de Seteais, em Sintra.

Pinto Balsemão destacou “a arquitetura moderna, abstrata e contemporânea”, com apelo a “formas e materiais vernaculares portugueses, que integra de um modo exemplar”, com “caráter inovador”, numa “continuidade entre o passado e a atualidade”, recordando a “obra pública vasta”, como o Centro de Criação Contemporânea de Tours e a sede da EDP em Lisboa.

O Prémio Pessoa distingue anualmente uma personalidade portuguesa que tenha tido uma “intervenção particularmente relevante e inovadora na vida artística, literária ou científica”.

O júri do Prémio Pessoa 2017 é composto por Francisco Pinto Balsemão (presidente), Emídio Rui Vilar (vice-presidente), Ana Pinho, António Barreto, Clara Ferreira Alves, Diogo Lucena, Eduardo Souto de Moura, José Luís Porfírio, Maria Manuel Mota, Maria de Sousa, Pedro Norton, Rui Magalhães Baião, Rui Vieira Nery e Viriato Soromenho-Marques.

O vencedor da edição do ano passado foi o escritor e filólogo Frederico Lourenço, de quem o júri elogiou o “traço singular” de ter oferecido “à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica”.

O Prémio Pessoa, que vai na sua 31.ª edição, tem um valor monetário de 60 mil euros e é uma iniciativa do jornal Expresso, com o patrocínio da Caixa Geral de Depósitos.

O Prémio Pessoa foi atribuído pela primeira vez em 1987, ao historiador José Mattoso.

Desde então foram reconhecidos, entre outros, o poeta António Ramos Rosa, a pianista Maria João Pires, os investigadores António e Hanna Damásio, o neurocirurgião João Lobo Antunes, o arquiteto Eduardo Souto Moura, o constitucionalista José Joaquim Gomes Canotilho, a historiadora Irene Flunser Pimentel, o ensaísta Eduardo Lourenço, a investigadora Maria Manuel Mota e o artista plástico Rui Chafes.

Lista das personalidades distinguidas com o Prémio Pessoa, desde a sua criação, em 1987:

2017 – Manuel Aires Mateus (arquiteto).

2016 – Frederico Lourenço (filólogo, escritor, tradutor).

2015 – Rui Chafes (escultor).

2014 – Henrique Leitão (historiador de ciência).

2013 – Maria Manuel Mota (investigadora).

2012 – Richard Zenith (investigador).

2011 – Eduardo Lourenço (ensaísta).

2010 – Maria do Carmo Fonseca (investigadora).

2009 – Manuel Clemente (cardeal-patriarca de Lisboa).

2008 – João Luís Carrilho da Graça (arquiteto).

2007 – Irene Flunser Pimentel (historiadora).

2006 – António Câmara (investigador).

2005 – Luís Miguel Cintra (ator, encenador).

2004 – Mário Cláudio (escritor).

2003 – José Joaquim Gomes Canotilho (constitucionalista).

2002 – Manuel Sobrinho Simões (investigador).

2001 – João Bénard da Costa (historiador de cinema).

2000 – Emmanuel Nunes (compositor).

1999 – Manuel Alegre (escritor) e José Manuel Rodrigues (fotógrafo).

1998 – Eduardo Souto de Moura (arquiteto).

1997 – José Cardoso Pires (escritor).

1996 – João Lobo Antunes (investigador, neurocirurgião).

1995 – Vasco Graça Moura (escritor e tradutor).

1994 – Herberto Helder (poeta).

1993 – Fernando Gil (ensaísta).

1992 – António e Hanna Damásio (investigadores).

1991 – Cláudio Torres (arqueólogo).

1990 – Menez – Maria Inês da Silva Carmona Ribeiro da Fonseca (artista plástica).

1989 – Maria João Pires (pianista).

1988 – António Ramos Rosa (poeta).

1987 – José Mattoso (historiador).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here