Início Atualidade Dupla de voleibol de praia Vanessa Paquete/Gabriela Coelho estreia-se em Espanha

Dupla de voleibol de praia Vanessa Paquete/Gabriela Coelho estreia-se em Espanha

162
0
COMPARTILHE

A primeira dupla profissional portuguesa feminina de voleibol de praia a tempo inteiro, sem a prática de ‘indoor’, constituída por Gabriela Coelho e Vanessa Paquete, estreia-se na quarta-feira em Espanha, com os olhos postos em Paris2024.

O Open de Inverno de Galdakao, no País Basco, em Espanha, a disputar inteiramente na quarta-feira, constitui o primeiro momento para aferição do trabalho realizado pela dupla pioneira deste projeto da Federação Portuguesa de Voleibol (FPV), a treinar sob as ordens de Ricardo Rocha há três meses.

“Os Jogos Olímpicos de 2024 é um objetivo ambicioso. Sabemos que é muito difícil, mas não sabemos quanto, porque ainda não jogamos a nível internacional, dado que as únicas competições desta dupla foram nos escalões mais novos”, disse à agência Lusa o treinador Ricardo Rocha.

O responsável pela preparação e afinação da dupla reconhece que “há ainda um longo caminho a percorrer para alcançar esse objetivo”, que, no seu entender, exige “muita calma, paciência e um trabalho muito forte e durante muito tempo”.

“Vamos começar a entrar em vários torneios, o primeiro será já na quarta-feira, em Bilbau, e aí sim vamos poder perceber qual é o nível em que estamos e como temos que trabalhar para continuar a evoluir, para nos próximos tentarmos ser melhores”, disse.

Ricardo Rocha destacou a “capacidade de trabalho tremenda” de Vanessa Paquete e Gabriela Coelho e assegurou que, no caso específico desta dupla, que começou a trabalhar há apenas três meses, há uma “margem enorme para evoluir”.

“Só com um projeto profissional sustentado como este é que conseguimos pôr o nome de Portugal no voleibol de praia outra vez e esperamos que isso aconteça dentro em breve. Estamos a trabalhar para isso e é esse o nosso objetivo”, acrescentou Ricardo Rocha.

Vanessa Paquete, de 22 anos, e Gabriela Coelho, estudante de Economia de 20 anos, jogaram juntas ao serviço do indoor do Colégio do Rosário, no Porto, mas é no voleibol de praia, e mais concretamente neste projeto inovador da FPV, que apostam inteiramente as suas carreiras.

“Vamos para Espanha para aproveitar a oportunidade para aferir do que temos vindo a fazer nos treinos. Vamos lutar muito nos jogos para conquistar a vitória, mas acima de tudo vamos tentar aplicar em competição o que temos vindo a trabalhar”, assegurou Gabriela Coelho.

O torneio em Espanha constitui a primeira competição a sério da dupla, frente a equipas espanholas e francesas, e apesar de Gabriela Coelho reconhecer que três meses é ainda pouco tempo de trabalho em conjunto está certa de que já vai dar para notar alguma evolução em relação ao início do projeto.

“Acho que estamos um bocadinho nervosas, porque já não competimos há muito tempo, mas a competição que vem aí é essencialmente para nós nos avaliarmos e aferir como têm corrido os treinos. Se temos evoluído, se estamos melhor que no verão”, disse Vanessa Paquete.

Mais importante do que os resultados no torneio basco, a disputar em apenas um dia, e embora a vitória jogo a jogo seja o objetivo da dupla, Vanessa Paquete quer ter em competição a possibilidade de colocar em prática o que tem vindo a treinar.

“Queremos sair dos jogos com a sensação que estamos a treinar bem e a dar tudo. O que sair mal, temos que retificar, e nos treinos seguintes melhorar”, acrescentou Vanessa Paquete.

Não sendo a primeira vez que formam dupla, já que chegaram a disputar competições internacionais de voleibol de praia, Gabriela e Vanessa, apesar da sua juventude, já deixaram a sua marca a nível mundial.

Vanessa Paquete (com Daniela Silva) foi vice-campeã do Torneio de sub-21 da WEVZA, na Albufeira do Azibo, em 2014, e Gabriela Coelho (com Marta Hurst) venceu o I Torneio de Voleibol de Praia da Associação das Federações de Voleibol de Países de Língua Portuguesa (AFV-PLP), disputado na praia de Santa Maria, na ilha do Sal, em Cabo Verde, em 2017.

As atletas abraçaram o projeto desta ‘dupla de laboratório’ não só pelas condições oferecidas pela Federação Portuguesa de Voleibol mas também por estarem mais vocacionadas para o voleibol de praia do que de pavilhão, por entenderem, também, que a areia dá melhores condições para o profissionalismo.

Vanessa Paquete, nascida em Espinho, berço da dupla olímpica Miguel Maia/João Brenha, e Gabriela Coelho, natural de Sanguedo, em Santa Maria da Feira, treinam cinco dias por semana numa quadra de voleibol de praia instalada nas instalações do Instituto Politécnico do Porto (IPP).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here