Início Economia Negócios Empresários portugueses em Bissau são “lufada de ar fresco”

Empresários portugueses em Bissau são “lufada de ar fresco”

228
0
COMPARTILHE

O presidente Câmara do Comércio, Agricultura, Indústria e Serviços da Guiné-Bissau, Braima Camará, destacou que o número de empresários presentes na Feira da Empresas, que hoje começou, em Bissau, representa uma “lufada de ar fresco”.

Mais de 30 empresários, a maior parte dos quais portugueses, participam na Feira de Empresas, que decorre até terça-feira numa unidade hoteleira de Bissau, para discutir oportunidades de negócios.

“A presença de várias empresas portuguesas aqui representa em certa medida uma lufada de ar fresco neste ambiente estagnado, comercialmente falando”, afirmou, aos jornalistas, Braima Camará.

A feira foi organizada pelo Instituto de Formação Profissional da CE-CPLP e no âmbito de uma parceria entre a União Europeia, a Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CE-CPLP), o Ministério da Economia e Finanças guineense, do AICEP-Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal e da Câmara do Comércio Agricultura, Indústria e Serviços da Guiné-Bissau.

“Penso que com esta exposição fica claro que o país encontrou o rumo certo para que os empresários nacionais e estrangeiros possam encontrar na Guiné-Bissau um mercado de destino para fazer as suas atividades empresariais, investimentos em diversas áreas, para que possamos ganhar dinheiro”, disse.

Nas declarações aos jornalistas, Braima Camará recordou que a Guiné-Bissau faz parte da União Económica e Monetária da África Ocidental, que representa um mercado de mais de 200 milhões de consumidores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here