Início Turismo Caminho Português da Costa para Santiago de Compostela é 2.º itinerário mais...

Caminho Português da Costa para Santiago de Compostela é 2.º itinerário mais percorrido na Galiza

1205
0

O Caminho Português da Costa, que envolve dez municípios do Norte de Portugal, é o segundo itinerário mais percorrido numa lista de sete Caminhos de Santiago (Espanha), disse hoje à Lusa a diretora-geral do Turismo da Galiza.

Nava Castro avançou que o Caminho Português da Costa “é o segundo itinerário mais percorrido” no ‘ranking’ dos sete principais Caminhos de Santiago, surgindo depois do Caminho Francês, o percurso que está em primeiro lugar na lista e que registou entre janeiro e outubro “158.065 mil peregrinos”, o que representa 59,5% do total dos peregrinos a realizar os Caminhos de Santiago em 2017.

À margem de uma ação de promoção do turismo galego a jornalistas portugueses, que decorre em Santiago de Compostela no âmbito de um acordo assinado entre o Turismo da Galiza e do Turismo do Porto e Norte de Portugal, Nava Castro explicou que o Caminho Português da Costa registou entre 1 de janeiro e os primeiros dias deste mês de outubro “52.902 mil peregrinos”, um valor que representa 19,9 por cento (%) do total de peregrinos que chegaram a Santiago de Compostela naquele período.

Publicidade

O Caminho Português da Costa é um percurso que se faz junto à costa atlântica e que une os municípios do Porto, Matosinhos, Maia, Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Esposende, Viana do Castelo, Caminha, Vila Nova de Cerveira e Valença, até chegar a Santiago de Compostela, capital da Galiza.

Entre 1 de janeiro e 6 de outubro deste ano, a Galiza recebeu um total de “265.584 peregrinos”, sendo mais de metade peregrinos estrangeiros (54,95%) e os restantes são peregrinos espanhóis (45,05%).

Dos peregrinos estrangeiros (54,96%) registados entre janeiro e outubro deste ano, os viajantes peregrinos portugueses representam 4,27%, ou seja, 11.332 peregrinos lusos que chegaram à capital da Galiza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.