Início Conflitos Suíça: Pedreiro português viola a filha a caminho da catequese

Suíça: Pedreiro português viola a filha a caminho da catequese

20381
0

Um pedreiro português foi condenado por um tribunal suíço a três anos e meio de prisão efetiva, por ter abusado da própria filha (hoje com 25 anos) durante sete anos consecutivos. Há registos de que o homem violou a filha a caminho da catequese. O arguido, que estava em liberdade, saiu do tribunal preso por ordem da juíza responsável pelo processo.

Os crimes ocorreram entre 2001, quando a menor tinha apenas nove anos, e 2008. O predador sexual aproveitava as ausências da mulher e mãe da vítima, bem como as constantes viagens que a família fazia entre França e Suíça, para consumar os abusos sexuais. Nalgumas ocasiões, obrigou-a a ver pornografia.

Em 2009, quando tinha 17 anos, a jovem confessou a um psicólogo o terror que sofreu mas só em finais de 2015 é que conseguiu denunciar o pai. O Tribunal de La-Chaux-de-Fonds, Suíça, não hesitou em condenar o pedreiro, de 45 anos, valorizando o depoimento da filha. A vítima é hoje casada e tem uma filha bebé.

Publicidade

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.