Início Culturas Exposição de Custódia de Bogotá com 1.759 pedras preciosas abre hoje em...

Exposição de Custódia de Bogotá com 1.759 pedras preciosas abre hoje em Lisboa

1124
0
COMPARTILHE

A exposição da Custódia da Igreja de Santo Inácio de Bogotá, na Colômbia, considerada um tesouro mundial da arte barroca, abre hoje ao público, no Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), em Lisboa.

Com 1.759 pedras preciosas encastradas numa base de ouro de 18 quilates, a peça saiu da Colômbia pela segunda vez – segundo o museu -, e vai estar patente em Lisboa, até 03 de setembro, seguindo depois para o Museu do Louvre, em Paris.

A Custódia da Igreja de Santo Inácio foi encomendada, em 1700, pela Companhia de Jesus, do então Novo Reino de Granada, a José Galez, que a criou entre 1700 e 1707, e é conhecida como “La Lechuga” (“A Alface”), devido ao verde intenso gerado pelas quase 1.500 esmeraldas.

As esmeraldas brilham ao lado de um topázio brasileiro, de pérolas de Curaçau e de ametistas da Índia, de diamantes africanos, rubis de Ceilão (atual Sri Lanka) e de uma safira do Reino de Sião, atual Tailândia.

A Custódia da Igreja de Santo Inácio de Bogotá saiu da Colômbia pela primeira e única vez em 2015, para ser exposta no Museu do Prado, em Madrid, coincidindo com a visita do chefe do Estado colombiano a Espanha.

Estava também prevista a vinda a Portugal do Presidente da República da Colômbia, Juan Manuel dos Santos, Nobel da Paz em 2016, que iria inaugurar a exposição, mas os incêndios com 64 vítimas mortais em Portugal levaram o Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, a cancelar toda a agenda.

Depois de Lisboa, a Custódia – adquirida aos Jesuítas pelo Banco da República da Colômbia – irá ser exposta no Museu do Louvre, em Paris, onde ficará de 19 de setembro a 03 de janeiro de 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here