Início Mundo Timor Trabalhadores timorenses na Coreia do Sul com remessas de 16 MUSD em...

Trabalhadores timorenses na Coreia do Sul com remessas de 16 MUSD em quatro anos

236
0
COMPARTILHE

Os trabalhadores timorenses imigrados na Coreia do Sul enviaram para Timor-Leste remessas de mais de sete milhões de dólares no ano passado, e no total de 16,3 milhões desde 2012, segundo dados da administração timorense.

Dados da Secretaria de Estado para a Política de Formação Profissional e Emprego (SEPFOPE) a que a Lusa teve acesso indicam que as remessas aumentaram progressivamente desde o arranque do programa, que começou em 2009.

Entre 2012 e 2015, inclusive, os cerca de 1.400 timorenses que trabalharam na Coreia do Sul, no âmbito de um protocolo existente entre os Governos dos dois países, contribuíram para a economia nacional com 16,38 milhões de dólares.

Quase metade desse valor corresponde ao ano passado, quando estiveram na Coreia do Sul um total de 417 trabalhadores timorenses, o segundo número mais elevado depois de 2012 quando foram destacados no país 486 trabalhadores.

Desde que o programa começou, em 2009, já trabalharam na Coreia do Sul um total de 2.139 timorenses, a maior fatia nas pescas (1.240) e no setor fabril (776).

Recorde-se que um estudo da Organização Internacional de Migrações (OIM), divulgado no ano passado, indicava que as remessas de emigrantes timorenses são a terceira maior fonte para a balança de pagamentos do país, depois do petróleo e gás natural e do café.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here