Início Culturas Há vontade que português seja língua de conhecimento em Cabo Verde –...

Há vontade que português seja língua de conhecimento em Cabo Verde – instituto Camões

1072
0

A presidente do instituto Camões, Ana Paula Laborinho, considera que há vontade que o português seja a língua de conhecimento em Cabo Verde e sublinhou a necessidade de aprofundar a investigação e a formação de professores no país.

“Foi-nos transmitida uma vontade muito clara de que o Português seja a língua de conhecimento. É de facto a língua de escolarização. Há questões particulares, na medida em que há outra língua oficial e é preciso fazer a combinação com essa língua oficial (crioulo)”, disse Ana Paula Laborinho.

A presidente do Camões- Instituto da Cooperação e da Língua, que hoje termina uma visita de três dias a Cabo Verde, sublinhou as “especificidades” do ensino da língua portuguesa em Cabo Verde e a importância de aprofundar o seu estudo.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.